Confiança da indústria aumenta no mês maio, chegando ao maior nível desde 2014.

O aumento da confiança foi observado em 8 de 19 segmentos industriais e atingiu tanto as expectativas quanto as percepções sobre a situação atual. O subíndice de expectativas (IE) avançou 1,3 pontos, para 95,7 pontos, o maior desde abril de 2014, e o subíndice da situação atual (ISA) subiu 0,7 ponto, para 87 pontos.

A melhora das expectativas com a evolução da produção foi a responsável pela alta do IE no mês. O indicador de produção prevista para os três meses seguintes subiu 5,8 pontos, para 99 pontos, o maior nível desde março de 2014 (99,4). Houve aumento da proporção de empresas prevendo produção maior, de 32,1% para 34,7% do total, e queda na das que preveem produção menor, de 22,8% para 18,4% do total.

As melhores avaliações do setor sobre a demanda determinaram a alta do ISA em maio. O indicador de nível de demanda subiu 4,7 pontos, para 87,6 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (88,3). Houve redução da parcela de empresas que avaliam o nível de demanda como forte entre abril e maio, de 8,3% para 7,7% do total.

 

Para ler a matéria na integra acesse o link http://g1.globo.com/economia/noticia/confianca-da-industria-avanca-diz-fgv.ghtml

Como reduzir custos desnecessários

Reduzir custos é o sonho de todo empresário, porém, implantar esse processo não é tão simples quanto parece. Para ajudá-lo, selecionamos algumas considerações sobre o assunto do consultor de gestão Vicente Falconi sobre o assunto.

  • Para Falconi, é difícil reduzir custos. Isso se dá pelo fato de que alguns deles permitem que a empresa construa valor, podendo mais tarde ser revertido em receita. O consultor afirma que em momentos difíceis como o que vivemos hoje, pode ser necessário aumentar investimentos como em marketing, por exemplo.
  • A primeira dica então, é diferenciar os custos dos desperdícios, fazendo a seguinte pergunta:  esse custo agrega valor à empresa?  Despesas que não agregam valor merecem atenção, pois ali existem oportunidades de ganhos.
  • Para reduzir os desperdícios ao mínimo, Falconi recomenda calcular anualmente todas as suas lacunas (oportunidades de ganhos), para que você tenha sempre um “cardápio” de melhorias a implementar.
  • O esforço de redução de custos deve ser contínuo, e não pontual, e todos os custos de uma empresa devem ser monitorados e comparados a valores ideais estabelecidos. Esse processo ajuda a compreender onde estão as perdas.
  • Por fim, Falconi explica que geralmente, costuma ser mais fácil para alguém de fora, sem vínculo com a empresa, identificar onde estão os excessos.

Para mais dicas de gestão, acesse o site:

https://www.falconi.com/pt/

STV marca presença no Emprega RS 2016!

O Emprega RS é um evento realizado pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) e realizou sua 3ª edição no dia 9 de novembro, em 67 agências espalhadas pelo RS. A STV Segurança esteve presente em Porto Alegre, na sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) atendendo centenas de candidatos que procuram oportunidades no mercado de trabalho.

CIPA – Turma SERPO

E mais uma turma da CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho – foi capacitada, segundo a exigência da Norma Regulamentadora 05. A turma em questão é representante da empresa SERPO e o evento ocorreu no período de 22 a 24 de junho/2016. Os participantes estão agora aptos para a Nova Gestão da CIPA 2016/2017.

SIPAT 2016 incentiva a prevenção

Dos dias 11 a 15 de abril de 2016, a STV realizou a sua Semana Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho (SIPAT), cujo objetivo central é oferecer atividades motivacionais voltadas para a prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Com o tema “A orientação é nossa. A prevenção é você quem faz”, disponibilizou palestras sobre direção defensiva, como cuidar da coluna vertebral, dicas de economia e a mecânica do batom, direcionado ao público feminino com dicas de manutenção e cuidados com veículos. Essas palestras ocorreram nas unidades de Porto Alegre, Canoas, Caxias do Sul e Novo Hamburgo e foram ministradas pela EPTC, pela engenheira do trabalho da STV, Ana Cristina da Silva, e pelo professor Henry Paulo Dias.

A SIPAT visa a desenvolver a consciência sobre a importância da prevenção, criando uma atitude vigilante no funcionário que lhe permita conhecer e solicitar as correções necessárias a fim de tornar o ambiente de trabalho mais seguro, trazendo à tona, assim, a necessidade de um processo de melhoria contínua.

STV fala sobre segurança nas férias para TVE

Foto: Estefânia Martins

O gestor da divisão Alarmes Monitorados de Porto Alegre, Sérgio de Lucas Monteiro, concedeu uma entrevista nesta manhã (08 de janeiro) para o programa Canal Aberto da TVE. O objetivo da reportagem foi abordar a questão da segurança em residências durante o período de férias. Segundo Monteiro, um dos principais erros quando as pessoas viajam é deixarem as luzes acessas, o que seria um grande aviso aos delinquentes de que o local está inabitado. “Sugerimos sempre que as pessoas peçam a revisão do sistema de alarme antes de viajarem, visto que 99% da segurança é prevenção e 1%, sorte”, destaca ele.

A matéria, além de falar dos serviços oferecidos pela STV, focou justamente nessas dicas de prevenção, visando a blindar ainda mais o local. O gestor pontua que é importante “avisar aos vizinhos de confiança de que não haverá gente em casa e cortar a assinatura de jornais e revistas”. Além disso, é fundamental atentar para a empresa de segurança contratada, ter certeza de que ela é legalizada e credenciada para atuar nesse ramo, pois as que são clandestinas oferecem ainda mais riscos para o seu patrimônio ao não contarem com profissionais treinados para tal função. Esse assunto nós já tratamos em outra postagem, leia aqui.

O programa foi ao ar no mesmo dia e é possível ver na íntegra clicando aqui.

Parceria de sucesso: CDL-SL

A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Leopoldo (CDL-SL) foi fundada em 1965 devido a uma necessidade que os varejistas tinham em contar com o apoio de uma entidade focada nessa atividade. Logo de início, houve uma ampla aceitação e participação dos empresários locais, o que fortaleceu a CDL e fez com que ampliasse sua função ao longo dos anos.

O seu Serviço de Proteção de Crédito, que surgiu em Porto Alegre, proporciona que seja efetuada a consulta ao SPC e SERASA no maior banco de dados da América Latina, onde estão centralizadas as informações de pessoas físicas e jurídicas de todo o país, tornando a tomada de decisão ágil e segura. Além dessas questões mais burocráticas, realiza, junto ao Sindilojas, campanhas de promoções coletivas de vendas em datas importantes, como Natal. Desenvolve, ainda, iniciativas que oportunizam qualificação aos funcionários e convênios para redução de custos das empresas em saúde e telefonia.

A parceria com a STV surgiu há mais de cinco anos e motivos como idoneidade e competência na área de segurança é que fortaleceram essa escolha. “Contamos tanto com a segurança da STV quanto com o patrocínio em nossos eventos”, destaca Ronaldo Guerin, que atua no setor de informática e é responsável pela contratação de prestadores de serviços. Ele afirma, ainda, que recomendaria a empresa para quem necessita de proteção de qualidade.

Denominada inicialmente como Clube de Diretores Lojistas, tem sua sede localizada, desde sempre, na rua Marquês do Herval, 643, em São Leopoldo, RS. Além do apoio aos varejistas, oferece uma ótima estrutura para realizações de reuniões e eventos.

Parceria de sucesso: Translovato

Com a missão de proporcionar movimentação inteligente com eficiência e eficácia dos serviços, garantindo as expectativas dos clientes com crescimento sustentável, a Translovato atua há 36 anos nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, sendo sua matriz localizada em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. Hoje, a marca espelha seriedade e idoneidade, além de ser reconhecida no mercado como um serviço de transporte diferenciado e de valor agregado.

Segundo Bruna Grillo Lovato, Supervisora de marketing, o atendimento personalizado, através do portal exclusivo e das Centrais de Relacionamento, é um dos diferenciais que a empresa oferece aos seus clientes. A Translovato possui, ainda, uma política de qualidade bem implantada e apostam em treinamentos regulares com as equipes. “A segurança é outro quesito que nos diferencia, visto que investimos constantemente em tecnologias. Além disso, nossa frota possui média de seis anos somente”, pontua ela.

A escolha pela STV para fornecer soluções em segurança física e eletrônica nas instalações da Translovato deveu-se ao fato de, conforme Roberto Santos, Gerente de segurança e GR corporativo, sermos uma das empresas mais conceituadas no mercado de segurança nacional e, ainda, por estamos 100% homologados junto à Polícia Federal, conforme determina a lei 7.102/83. Segundo ele, “após anos de parceria, o maior benefício adquirido na relação contratual foi a confiança”. E é por esse motivo que elea afirma que recomendaria com certeza a STV: “Não só continuaremos a recomendar a marca como já recomendamos a vários parceiros da Translovato”.

STV apoia campanha nacional da PF

A Polícia Federal (PF), em parceria com a Fundação Brasileira de Ciências Policiais (FBCP) e com o apoio da Federação Nacional dos Sindicatos das Empresas de Segurança e de Transporte de Valores (Fenavist), lançou a Campanha Nacional de Prevenção e Combate à Segurança Clandestina. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância de se contratar empresas de segurança privada que sejam cadastradas e autorizadas a funcionar, ou seja, que sigam as determinações da Lei 7012/83 e suas regulamentações e paguem seus impostos em dia.

Para nós esse tema não é novidade, pois já batemos nessa tecla desde 2012, porém nós seguimos na luta e iremos apoiar toda e qualquer manifestação em prol da regularização da nossa área. Leia abaixo duas matérias que nós publicamos sobre o assunto.

Segundo informações divulgadas na revista da Fenavist, estima-se que a cada empresa regular há duas agindo irregularmente. Esse dado é alarmante principalmente se analisando o lado do cliente, isso porque somente as empresas que são fiscalizadas é que podem garantir que o profissional que irá lhe atender passou por treinamentos específicos a fim de realizar o serviço com excelência e ética. Ou seja, ao não pesquisar a procedência da empresa, você pode estar colocando a sua vida e o seu patrimônio em risco.

Ainda sobre este dado, porém agora sob a ótica das empresas legalizadas, cria-se uma concorrência desleal, pois com a sonegação de impostos e direitos trabalhistas, essas empresas irregulares cobram valores muito abaixo do praticado no mercado. É ai que as pessoas deveriam pensar naquele ditado de que “o barato sai caro”.

Outro problema enfrentado pelo nosso setor diz respeito aos agentes de segurança pública que fazem “bico” como agentes privados para complementar a renda. Dados do Ministério da Justiça pontuam que 77% dos policiais entrevistados admitem realizar esse serviço extra. Isso somente faz aumentar a oferta de serviços ilegais.

Cabe a nós alertamos novamente vocês sobre os riscos e, claro, não desistirmos. Mesmo que a concorrência desleal perdure, temos esperança de que com o aumento do rigor legal, isso possa ser reduzido em breve. E contamos com a sua conscientização!

Parceria de sucesso: Unimed Porto Alegre

Fundada em 1971, a Unimed Porto Alegre é uma cooperativa de médicos líder no mercado de assistência à saúde na Capital, Região Metropolitana, Centro-Sul e Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Com a missão de prover as melhores soluções em saúde, com crescimento sustentável e valorização do trabalho médico cooperado, possui mais de 720 mil beneficiários e 359 pontos de atendimento e se destaca, ainda, pela ampla cobertura do seu plano de saúde e pela relação custo x benefício.

Após pesquisarem no mercado, a escolha pela STV em 2008 se deveu à quantidade de serviços apresentados, ao número de colaboradores efetivos e por termos bases em praticamente todas as regiões do Estado, facilitando a centralização em uma única empresa de segurança. “Um dos grandes benefícios trazidos pela STV é a estrutura oferecida, devido ao número de unidades e locais que possuímos”, destaca Marcelo Guimarães, líder administrativo da cooperativa.

A parceria com a STV se dá através do serviço de portaria, que inclusive recebe muitos elogios via pesquisa de satisfação realizada nas próprias unidades de atendimento da empresa. “O atendimento da maioria dos porteiros é de cordialidade, atenção e respeito com os clientes, colaboradores e fornecedores da Unimed”, finaliza Guimarães, que afirmou, ainda, que recomendaria a STV.

A Unimed PoA conta com 6,3 mil médicos e tem estrutura própria para atendimento ao cliente, que inclui Hospital, Laboratório, Centro de Diagnóstico por Imagem, Centro de Oncologia, Pronto-Atendimento, unidades de atendimento Odonto Unimed e SOS Emergência.