Proteção em alta – Tecnologia para garantir a segurança patrimonial

Rodrigo Fraga, Gestor de Negócios da STV Segurança

A preocupação com a segurança já é uma realidade na vida da maioria das pessoas e, por isso, sempre procuramos informar e conscientizar sobre a importância de investir na prevenção, para reduzir riscos, vulnerabilidades, e evitar contratempos futuros.

Confira, abaixo, artigo publicado nesta semana na coluna Boa Semana do Jornal Gazeta do Sul, de Santa Cruz do Sul, com entrevista e colaboração de Rodrigo Fraga, Gestor de Negócios da STV Segurança.

 

 

Caderno Boa Semana – Jornal Gazeta do Sul (Ed. Impressa 17-05-2021)

“As últimas décadas foram de importantes avanços na área de segurança patrimonial. No Brasil, este segmento continua em alta e a tendência é de que a procura por recursos voltados à proteção da casa ou empresa siga crescendo.

O motivo está na escala da violência. Segundo dados do relatório do Índice Progresso Social (IPS), o país ocupa a 11ª posição no ranking mundial dos mais inseguros no planeta.

Em uma realidade em que os riscos aumentam e o serviço de segurança pública não consegue acompanhar as demandas, a alternativa tem sido a busca pela proteção patrimonial a partir de serviços prestados por empresas privadas ou ainda recorrer à tecnologia.  Independente da opção, o que hoje se observa é que, graças ao avanços no setor, é possível contar com recursos que proporcionam mais tranquilidade no dia a dia.

Como em todas as áreas, antes de qualquer investimento, é preciso planejar.

“Deve-se entender que é um modo de prevenção e nunca deve ser tratado como um custo e, sim, como um investimento”, diz Rodrigo Fraga Silva, Gestor de Negócios da STV Segurança.

Com 20 anos de experiência na área, dos quais 15 na mesma empresa, Rodrigo destaca que a tecnologia se tornou aliada no cotidiano. Graças às inovações, ele observa que hoje está em alta a procura por serviços de alarmes e câmeras. Por meio deles, é possível inibir eventuais invasões ou ainda pequenos furtos, pois o alarme indica o que está acontecendo e as câmeras podem auxiliar na identificação dos autores.

Nos últimos tempos, em razão da pandemia e, consequentemente, mais tempo em casa, muitas famílias passaram a investir em dispositivos de segurança. Da mesma forma, a tecnologia passou a ser empregada em maior escala no setor corporativo. Segundo Rodrigo, um exemplo está nos condomínios.

Alguns deles optaram por instalar o sistema que monitora o portão de veículos e a abertura e fechamento da porta do hall que emite avisos à central de monitoramento Também é possível que o morador gerencie, por meio de aplicativo, câmeras e abertura de qualquer porta. Hoje já se pode monitorar o acesso de visitantes a partir de convite recebido no smartphone por meio do WhatsApp.

Com tantas novidades, vale ficar atento a alguns aspectos para assegurar que os resultados serão satisfatórios. Conforme Fraga, na hora de contratar uma empresa ou profissional, é essencial contar com alguém que tenha experiência na atividade

“Sempre lembrando que o barato sai caro e quando o assunto é segurança precisamos ter o máximo de cuidado”, alerta.

A pedido da reportagem, Fraga listou 5 dicas para assegurar a proteção e segurança patrimonial

  • É importante contar com diagnóstico correto dos pontos vulneráveis no lugar a ser protegido;
  • Avaliar as necessidades peculiares que o local possui,
  • Na fase de diagnóstico, é possível saber qual o equipamento adequado para o determinado local;
  • Procurar uma empresa qualificada para executar o serviço;
  • Fazer revisão periódica do conjunto de segurança.

A portaria remota, serviço listado pelo gestor ao falar da segurança em condomínios, faz parte das soluções da STV Segurança. No site você pode saber mais sobre o serviço e o leque de soluções em proteção e serviços oferecidos pela empresa.

 

Fontes: o caderno completo está disponível na edição de 17 de maio do Jornal Gazeta do Sul, com veiculação em Santa Cruz do Sul e região. A matéria foi produzida pelo Jornal, com a participação do Gestor de Negócios da STV Segurança.

2 thoughts to “Proteção em alta – Tecnologia para garantir a segurança patrimonial”

    1. Oi, Jorge! Que bom que gostou. Continue nos acompanhando que sempre temos conteúdo novo para compartilhar. O assunto segurança é importante e nosso objetivo é esclarecer dúvidas e ajudar sempre. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *