Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor

 

No dia 23 de abril é celebrado, oficialmente, o Dia Internacional do Livro e do Direito do Autor.

Nem todos sabem, mas a conhecida obra “Don Quixote”, de Miguel de Cervantes, é uma das responsáveis por alavancar a celebração à leitura. O autor morreu em abril de 1923 e, em sua homenagem, os livreiros da região da Catalunha, na Espanha, passaram a celebrar seu legado sempre no mês de abril com a Feira do Livro Espanhol.

O movimento acabou se expandindo pelo país e, desde então a data é comemorada no país com a entrega do prêmio literário Miguel de Cervantes pelo rei da Espanha.

Além do aniversário de morte de Cervantes, a data também lembra a morte de outros escritores conhecidos: William Shakespeare (falecido em 23 de abril de 1616*) e Josep Pla (falecido em 23 de abril de 1981).

Dia Mundial do Livro

Em 1955, o 23 de abril foi oficialmente declarado pela UNESCO- Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – como o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais.

A data tem como propósito estimular e promover reflexões sobre a importância do livro e o direito a leitura como bem cultural essencial para a nossa formação e desenvolvimento.

O Brasil também celebra o Dia Nacional do Livro em 29 de outubro. A data é uma referência à fundação da Biblioteca Nacional, localizada no Rio de Janeiro.

A algumas livrarias costumam promover descontos e disponibilizar cupons para aquisição de livros, além de desenvolver atividades relacionadas à leitura. Escolas e organizações realizam leituras para as crianças dos grandes clássicos da literatura em versão infantil.


A relação da STV com a leitura – da biblioteca ao grupo de estudos

A leitura faz parte da cultura da STV e o exemplo vem do Diretor Executivo da empresa que tem por hábito ler, em média, mais de 40 livros por ano.

Como incentivo à leitura, a empresa disponibiliza uma biblioteca em sua matriz, em Porto Alegre (RS), com um acervo composto por cerca de 700 livros dos mais variados temas onde o funcionário tem acesso a um catálogo digital e consegue verificar a grade de livros e sua disponibilidade.

Há também disponível em cada unidade STV um acervo dos livros mais utilizados pelo Grupo STV.

Grupos de Outra forma de incentivo a leitura é através de grupos de estudos.

Inspirada na técnica do Consultor em Gestão, Vicente Falconi, praticamos o método da Cumbuca. Onde um grupo escolhe um livro para leitura e a cada capítulo se reúnem para debater sobre o assunto estudado.

 

Dica de leitura

O livro Receita Previsível (Predictable Revenue) dos autores Aaron Ross, Tyler e Marylou é indicado para quem trabalha com a área de vendas.

Receita Previsível é o conhecimento de quanto a sua empresa ganhará em um determinado período de tempo. A partir do que já está previsto, desenvolve-se uma série de práticas para conseguir potencializar a receita de qualquer negócio.

Segundo o conceito da Receita Previsível, as vendas irão aumentar se o número de leads* qualificados for maior. De acordo com a metodologia Cold Call 2.0, a ideia é ligar somente para os prospects** que demonstraram interesse pela sua empresa.

Seja fornecendo suas informações de contato (nome, email, telefone etc.) em troca de uma oferta de valor no seu site (conteúdo, ferramenta, avaliação, pedidos sobre produto/serviço etc.).

Segundo o autor, para conseguir criar uma máquina de vendas previsíveis, segue-se essas três premissas:

  1. Um processo de vendas consistente, porque sem consistência não há previsibilidade;
  2. Um time de vendas bem estruturado. Ter uma pessoa dedicada a prospectar e qualificar, o vendedor e o Gestor de contas;
  3. Geração de Leads previsível, o mais importante para criar vendas previsíveis.

Aaron Ross, conhecido pelo trabalho revolucionário que fez na Salesforce entre 2002 e 2006, gerando US$ 100 milhões em vendas anuais, e pelo best-seller Receita Previsível (de 2011, lançado em 2017 no Brasil)

* Leads: é um potencial consumidor de uma marca que demonstrou interesse em consumir o seu produto ou serviço.

** Prospects: são os nomes na sua lista que ainda não responderam positivamente ao seu contato.

Boa leitura!

 

Texto: Simone França (Analista de Treinamento e Desenvolvimento) | Vanessa Thalheimer (Analista de Marketing)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *