[e-Book] Guia do Síndico | Dicas para cuidar da segurança do condomínio

A procura por condomínios residenciais para morar cresce cada vez mais e os principais motivadores são a busca por mais praticidade e segurança.

Para que tudo funcione, se faz fundamental uma gestão responsável e comprometida com as demandas do condomínio e dos moradores. Esta é a tarefa do síndico do condomínio 

Quando o assunto é segurança, por onde o síndico deve começar? Quais as principais recomendações para manter a segurança do condomínio e dos moradores?

Para auxiliar nestas questões, a STV preparou um Guia especialmente para síndicos com dicas essenciais para manter o condomínio e os moradores protegidos.

>> Clique e baixe já o seu Guia do Síndico.<<

Dicas de segurança para quem mora em condomínio

Na busca por mais segurança, muitos condomínios/edifícios residenciais já investem em serviços de proteção, mas além do investimento em serviços e estruturas de proteção, os próprios moradores podem fazer a sua parte para contribuir com a segurança do condomínio.

A seguir, listamos algumas dicas de segurança importantes para quem mora em condomínio. Confira:

1. Ao entrar e sair do condomínio, fique atento e verifique se não há presença de estranhos ou qualquer movimentação suspeita no local;

2.  Ao deixar o carro na garagem, certifique-se que está trancado, sem objetos à vista e mantenha o alarme sempre ligado;

3.  Sempre tranque todas as portas e demais fechaduras de sua casa/apartamento;

4. Nunca abra a porta para estranhos, mesmo que se identifiquem como conhecidos de outro morador;

5. Quando houver portaria, autorize que o porteiro interfone sempre a cada visita recebida;

6. Prestadores de serviços devem ter sua entrada autorizada somente mediante identificação prévia e autorização do zelador ou síndico do condomínio;

7. Informe a portaria quando estiver esperando encomendas e procure sempre descer até a recepção para receber;

8. Se você mora nos primeiros andares, procure manter janelas e/ou portas da fachada sempre fechadas para evitar possíveis invasões;

9. Nunca deixe cópias de chaves na portaria;

10. Ao viajar, procure compartilhar informações sobre o período de ausência apenas com pessoas mais próximas;

11. Não dê informações a estranhos sobre horários e hábitos específicos do condomínio;

12. Participe de assembleias e reuniões do condomínio, assim você acompanha e participa ativamente das discussões que envolvem a segurança do local;

13. Conheça e respeite as normas de segurança do prédio. Muitas vezes parecem exageradas, mas elas existem justamente para prevenir ameaças e proteger os próprios moradores e seu patrimônio.

Faça sua parte! Pequenos cuidados podem fazer toda a diferença para a sua segurança e de seus vizinhos.

Fonte: Polícia Militar-SP 
Polícia Civil-MS

Siga acompanhando nosso blog e confira mais dicas para melhorar a sua segurança.

Leia também: As vantagens na contratação de uma empresa para cuidar da segurança do condomínio