Confiança da indústria aumenta no mês maio, chegando ao maior nível desde 2014.

O aumento da confiança foi observado em 8 de 19 segmentos industriais e atingiu tanto as expectativas quanto as percepções sobre a situação atual. O subíndice de expectativas (IE) avançou 1,3 pontos, para 95,7 pontos, o maior desde abril de 2014, e o subíndice da situação atual (ISA) subiu 0,7 ponto, para 87 pontos.

A melhora das expectativas com a evolução da produção foi a responsável pela alta do IE no mês. O indicador de produção prevista para os três meses seguintes subiu 5,8 pontos, para 99 pontos, o maior nível desde março de 2014 (99,4). Houve aumento da proporção de empresas prevendo produção maior, de 32,1% para 34,7% do total, e queda na das que preveem produção menor, de 22,8% para 18,4% do total.

As melhores avaliações do setor sobre a demanda determinaram a alta do ISA em maio. O indicador de nível de demanda subiu 4,7 pontos, para 87,6 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (88,3). Houve redução da parcela de empresas que avaliam o nível de demanda como forte entre abril e maio, de 8,3% para 7,7% do total.

 

Para ler a matéria na integra acesse o link http://g1.globo.com/economia/noticia/confianca-da-industria-avanca-diz-fgv.ghtml

Parceria de sucesso: Translovato

Com a missão de proporcionar movimentação inteligente com eficiência e eficácia dos serviços, garantindo as expectativas dos clientes com crescimento sustentável, a Translovato atua há 36 anos nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, sendo sua matriz localizada em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. Hoje, a marca espelha seriedade e idoneidade, além de ser reconhecida no mercado como um serviço de transporte diferenciado e de valor agregado.

Segundo Bruna Grillo Lovato, Supervisora de marketing, o atendimento personalizado, através do portal exclusivo e das Centrais de Relacionamento, é um dos diferenciais que a empresa oferece aos seus clientes. A Translovato possui, ainda, uma política de qualidade bem implantada e apostam em treinamentos regulares com as equipes. “A segurança é outro quesito que nos diferencia, visto que investimos constantemente em tecnologias. Além disso, nossa frota possui média de seis anos somente”, pontua ela.

A escolha pela STV para fornecer soluções em segurança física e eletrônica nas instalações da Translovato deveu-se ao fato de, conforme Roberto Santos, Gerente de segurança e GR corporativo, sermos uma das empresas mais conceituadas no mercado de segurança nacional e, ainda, por estamos 100% homologados junto à Polícia Federal, conforme determina a lei 7.102/83. Segundo ele, “após anos de parceria, o maior benefício adquirido na relação contratual foi a confiança”. E é por esse motivo que elea afirma que recomendaria com certeza a STV: “Não só continuaremos a recomendar a marca como já recomendamos a vários parceiros da Translovato”.

STV apoia campanha nacional da PF

A Polícia Federal (PF), em parceria com a Fundação Brasileira de Ciências Policiais (FBCP) e com o apoio da Federação Nacional dos Sindicatos das Empresas de Segurança e de Transporte de Valores (Fenavist), lançou a Campanha Nacional de Prevenção e Combate à Segurança Clandestina. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância de se contratar empresas de segurança privada que sejam cadastradas e autorizadas a funcionar, ou seja, que sigam as determinações da Lei 7012/83 e suas regulamentações e paguem seus impostos em dia.

Para nós esse tema não é novidade, pois já batemos nessa tecla desde 2012, porém nós seguimos na luta e iremos apoiar toda e qualquer manifestação em prol da regularização da nossa área. Leia abaixo duas matérias que nós publicamos sobre o assunto.

Segundo informações divulgadas na revista da Fenavist, estima-se que a cada empresa regular há duas agindo irregularmente. Esse dado é alarmante principalmente se analisando o lado do cliente, isso porque somente as empresas que são fiscalizadas é que podem garantir que o profissional que irá lhe atender passou por treinamentos específicos a fim de realizar o serviço com excelência e ética. Ou seja, ao não pesquisar a procedência da empresa, você pode estar colocando a sua vida e o seu patrimônio em risco.

Ainda sobre este dado, porém agora sob a ótica das empresas legalizadas, cria-se uma concorrência desleal, pois com a sonegação de impostos e direitos trabalhistas, essas empresas irregulares cobram valores muito abaixo do praticado no mercado. É ai que as pessoas deveriam pensar naquele ditado de que “o barato sai caro”.

Outro problema enfrentado pelo nosso setor diz respeito aos agentes de segurança pública que fazem “bico” como agentes privados para complementar a renda. Dados do Ministério da Justiça pontuam que 77% dos policiais entrevistados admitem realizar esse serviço extra. Isso somente faz aumentar a oferta de serviços ilegais.

Cabe a nós alertamos novamente vocês sobre os riscos e, claro, não desistirmos. Mesmo que a concorrência desleal perdure, temos esperança de que com o aumento do rigor legal, isso possa ser reduzido em breve. E contamos com a sua conscientização!

STV intensifica segurança em PoA

Nossa equipe da divisão Alarmes Monitorados de Porto Alegre vêm realizando uma força tarefa desde o início do mês a fim de intensificar a segurança em nossos clientes. Agentes distribuídos em duas viaturas e duas motos estão rodando a cidade para trocar placas antigas, efetuar pequenos ajustes nos sistemas, como alteração de senhas, testes de pânico e reposicionamento de equipamentos, e, claro, divulgar nossa marca pelas ruas.

Esse trabalho seguirá sendo realizado por tempo indeterminado, a fim de mantermos essa proximidade com nossos clientes, que, inclusive, estão elogiando a iniciativa.

Fotos: Abel Paz

Pesquisadores italianos visitam a STV

A STV foi a empresa privada brasileira escolhida para auxiliar em uma pesquisa realizada pela Università Iuav di Venezia e patrocinada pela União Europeia. Na tarde desta terça-feira, dia 16 de dezembro, dois estudantes de mestrado e uma das professoras responsáveis, Emanuela Bonini Lessing, vieram até a nossa unidade de Porto Alegre e entrevistaram o Gestor de Negócios Sérgio de Lucas Monteiro e a Gestora de Marketing, Estefânia Martins. Faz parte ainda deste trabalho, porém não esteve presente no dia, a professora italiana Simona Morini.

 O objetivo era entender as principais estratégias de segurança existentes na cidade com o intuito de efetuarem um comparativo com Bruxelas (Bélgica) e Veneto (Itália), que, segundo eles, possuem uma estrutura física muito parecidas, ou seja, no caso as três contam com cidades muito próximas que juntas poderiam ser consideradas uma região única.

A STV se sentiu muito honrada em ajudá-los nesta pesquisa e o fato de terem nos procurado demonstra o quão bem estamos posicionados no mercado. Após a entrevista, Monteiro enalteceu a iniciativa: “Esse trabalho é espetacular principalmente porque eles estão procurando entender a realidade de cidades estruturalmente muito parecidas para poderem melhorar a segurança local”.

Foto: Keti Milene

STV escolta os troféus do Grêmio

A STV realizou um serviço de escolta para o transporte dos troféus do time do Grêmio, que está de mudança do estádio Olímpico para a Arena. Nos dias 04 e 05 de dezembro, uma equipe especializada da Divisão Alarmes Monitorados de Porto Alegre acompanhou a colocação das peças encaixotadas no caminhão, todo o percurso e a sua efetiva entrega, garantindo, assim, que todo o acervo tricolor chegaria com segurança. Veja abaixo algumas imagens e na nossa página do facebook, o registro completo que fizemos desse trabalho que foi realmente um sucesso.

Crédito das fotos: Estefânia Martins

Parceria amplia segurança no Litoral Norte

Engana-se quem pensa que nessa época do ano as praias gaúchas ficam paradas. Na verdade, o período de calmaria é propício para fazer algumas revisões nos planejamentos e a questão da segurança obviamente não fica de fora da pauta. Uma proposta inédita da Brigada Militar promete proporcionar um veraneio muito mais seguro para quem for para as praias pertencentes a Capão da Canoa e Xangri-la.

Em agosto, iniciou-se uma experiência de 90 dias em que quatro empresas de segurança da região, incluindo a STV Segurança, dispõem de um rádio NEXTEL ligado diretamente à sala de monitoramento da BM. Desta forma, caso a viatura ou a moto de uma das empresas visualize uma ocorrência de roubo ou furto, independente da segurança que o local possua, é possível avisar prontamente à BM, que agirá muito mais rápido do que se trabalhasse sozinha. Isso será um enorme ganho para a população como um todo e não somente para os clientes das empresas parceiras.

No momento, somente as empresas STV, ALERT VISION, HSS e STAFF fazem parte desse projeto. Após esses três meses de testes, é provável que mais algumas sejam incluídas, desde que possuam o alvará do Grupamento de Supervisão de Vigilância e Guardas (GSVG), que indica que foram vistoriadas pela Brigada Militar.

Quem representou a STV nas reuniões que culminaram com esta parceria foi o Gestor da unidade de Atlântida, Marcos Andrade, que enaltece justamente essa velocidade de reação da Brigada Militar. “O rádio ficará aberto para que todos possam ouvir o que está ocorrendo, tornando o atendimento muito mais ágil”, destaca ele.

Unidade da STV no Litoral Norte | Crédito: Estefânia Martins