Conheça a metodologia SCRUM

Jeff Sutherland e Ken Schwaber criaram o Scrum como uma forma de gerenciar projetos de maneira mais rápida e eficaz. A metodologia foi utilizada, inicialmente, para o desenvolvimento softwares, e já foi aplicada em empresas como Google, Amazon e Salesforce, assim como em pequenas Startups.

O termo “Scrum” vem do jogo de Rugbi, e se refere à maneira como um time trabalha em conjunto para avançar em campo com a bola. Esse método tem como base a ideia de, ao começar um projeto, fazer paradas regulares para verificar o seu andamento, buscando verificar maneiras de executar o trabalho com mais agilidade e resolver possíveis obstáculos. O feedback quase que imediato permite que a equipe saiba se está no caminho certo.

Confira a seguir os 11 passos retirados do livro Scrum, A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo para implementar o Scrum!

 

Como reduzir custos desnecessários

Reduzir custos é o sonho de todo empresário, porém, implantar esse processo não é tão simples quanto parece. Para ajudá-lo, selecionamos algumas considerações sobre o assunto do consultor de gestão Vicente Falconi sobre o assunto.

  • Para Falconi, é difícil reduzir custos. Isso se dá pelo fato de que alguns deles permitem que a empresa construa valor, podendo mais tarde ser revertido em receita. O consultor afirma que em momentos difíceis como o que vivemos hoje, pode ser necessário aumentar investimentos como em marketing, por exemplo.
  • A primeira dica então, é diferenciar os custos dos desperdícios, fazendo a seguinte pergunta:  esse custo agrega valor à empresa?  Despesas que não agregam valor merecem atenção, pois ali existem oportunidades de ganhos.
  • Para reduzir os desperdícios ao mínimo, Falconi recomenda calcular anualmente todas as suas lacunas (oportunidades de ganhos), para que você tenha sempre um “cardápio” de melhorias a implementar.
  • O esforço de redução de custos deve ser contínuo, e não pontual, e todos os custos de uma empresa devem ser monitorados e comparados a valores ideais estabelecidos. Esse processo ajuda a compreender onde estão as perdas.
  • Por fim, Falconi explica que geralmente, costuma ser mais fácil para alguém de fora, sem vínculo com a empresa, identificar onde estão os excessos.

Para mais dicas de gestão, acesse o site:

https://www.falconi.com/pt/