Confiança da indústria aumenta no mês maio, chegando ao maior nível desde 2014.

O aumento da confiança foi observado em 8 de 19 segmentos industriais e atingiu tanto as expectativas quanto as percepções sobre a situação atual. O subíndice de expectativas (IE) avançou 1,3 pontos, para 95,7 pontos, o maior desde abril de 2014, e o subíndice da situação atual (ISA) subiu 0,7 ponto, para 87 pontos.

A melhora das expectativas com a evolução da produção foi a responsável pela alta do IE no mês. O indicador de produção prevista para os três meses seguintes subiu 5,8 pontos, para 99 pontos, o maior nível desde março de 2014 (99,4). Houve aumento da proporção de empresas prevendo produção maior, de 32,1% para 34,7% do total, e queda na das que preveem produção menor, de 22,8% para 18,4% do total.

As melhores avaliações do setor sobre a demanda determinaram a alta do ISA em maio. O indicador de nível de demanda subiu 4,7 pontos, para 87,6 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (88,3). Houve redução da parcela de empresas que avaliam o nível de demanda como forte entre abril e maio, de 8,3% para 7,7% do total.

 

Para ler a matéria na integra acesse o link http://g1.globo.com/economia/noticia/confianca-da-industria-avanca-diz-fgv.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *